Prêmio Barco a Vapor: Mineira Isabela Noronha foi ganhadora em 2013


Alba Bittencourt
Portal Splish Splash

O Prêmio Barco a Vapor, que está em sua 13ª edição, tem previsão para divulgar os finalistas e o ganhador deste ano logo em junho. Enquanto isso não acontece, sugerimos uma entrevista com a mineira Isabela Noronha, que foi vencedora da edição de 2013 com a obra “Adeus Para Super-Heróis” e está disponível para falar sobre a experiência de publicar o primeiro livro pelo selo “Barco a Vapor”.

Sinopse da obra: Tudo aconteceu muito rápido. Quando Tom foi se despedir de Lucas, de sua boca saiu só o vento. Parecia ter algo entalado na garganta. Tentou cuspir a coisa. Uma, duas, três vezes. Nada. O adeus tinha ido parar no estômago com o sanduíche de atum. Ao longo da semana, o mesmo aconteceu com barco, mola, castelo, piscina... Sorte que há palavras elásticas, como amizade e amor, que encurtam distâncias, e rotas alternativas, que abrem espaço para os sentimentos engolidos expressarem-se.

Sobre a autora: Isabela Noronha nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, em 1980. Jornalista, fez especialização em Criação Literária em Londres, Inglaterra. Adeus Para Super-Heróis é seu primeiro livro de ficção publicado.

Sobre a ilustradora: Bruna Assis Brasil nasceu em Curitiba, Paraná, em 1986. Formada em Ilustração e Técnicas de Comunicação Visual pela escola EINA, de Barcelona, Espanha, ilustra livros e revistas.

História do Prêmio Barco a Vapor

Criado pela Fundação SM, o Prêmio Barco a Vapor surgiu na Espanha, em 1978, com a missão de ampliar o número de autores e a relevância da literatura infantil e juvenil. No país espanhol, uma informação curiosa é que a premiação, que recebe intenso apoio do governo e de ações de voluntários, é feita pela própria rainha Letícia, acompanhada de Cristina Cifuentes, presidente da Comunidade de Madri, e do Secretário de Estado da Educação, Formação Profissional e Universidades, Marcial Marín Hellín.

"O Prêmio Barco a Vapor estabelece uma ponte entre autores e leitores, ao valorizar e assegurar a publicação de obras inéditas da literatura infantojuvenil. Para a Fundação SM, o Prêmio configura uma oportunidade de fomento à leitura e à produção literária, um dos pilares de nossa atuação global"
Pilar Lacerda, Diretora da Fundação SM Brasil

Mais informações:

Sobre a Fundação SM
A Fundação SM é uma instituição sem fins lucrativos, que tem a missão de contribuir para o desenvolvimento integral das pessoas por meio da educação. Suas ações são norteadas por quatro pilares: Formação e valorização dos professores; Fomento à leitura e à produção literária; Apoio a projetos socioeducativos e Apoio à pesquisa educacional.
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário