Porque hoje é domingo




 
Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook
https://www.facebook.com/carlosalberto.alvessilva.9

Numa bela tarde, estava com o Tio Bernardo no Adro Santo e, de repente, esse velho senhor, de uma extrema cordialidade, salta um grito de surpresa: olha um mamífero a entrar na baía! Ainda questionei: uma baleia? O Tio Bernardo ficou indeciso para a resposta, mas, de imediato, passou informação para Augusto Ávila que, reunindo a sua tripulação (quase todos paravam no mesmo café), conseguiu trazer o mamífero até ao Porto das Pipas. Foram muitos os braços puxando a corda que amarrava aquele enorme bicho, de toneladas de peso e com 7,32 metros de comprimento. Não se tratava de uma baleia, mas sim de um albafar que deu à costa por se encontrar ferido. Escusado será dizer que, durante alguns dias, até ao momento em que foi derretido para fazer azeite, o albafar foi visto por centenas de pessoas da ilha.

E termino este artigo (matéria para os brasileiros), ouvindo mais uma vez Roberto Carlos cantando “As Baleias” (1981). Neste vídeo, o King, mais jovem, cruzando o mar como um autêntico marinheiro, de cara exposta aos ventos. A voz dos ventos, fazendo eco de uma canção que fala muito mais de amor.

Nota final - Não foi preciso usar binóculos para alinhavar este artigo. A inspiração, essa, veio da voz de Roberto Carlos.
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário