CEL.LEP anuncia aquisição da MADCODE e amplia atuação na área de educação



Aquisição da escola de programação faz com que o Cel.Lep se torne um Learning Center para formar jovens com base nas duas habilidades fundamentais no século XXI: o inglês e a programação

                                                                                                                                  
Alda jesus
Portal Splish Splash

O Cel.Lep, uma das maiores e mais reconhecidas escolas de idiomas de São Paulo, anuncia hoje (25/05) a aquisição da MadCode, uma das principais redes nacionais de ensino de programação para crianças e adolescentes. Trata-se de um negócio inédito no setor de Educação brasileiro, por unir uma reconhecida instituição de ensino de idiomas a uma das mais destacadas escolas de programação do País.

Conectado às tendências da Educação, em um mundo cada vez mais digital, o Cel.Lep identificou o potencial e importância do ensino de programação e, após seis meses de estudo deste mercado promissor, concluiu as negociações para adquirir o controle integral da MadCode.

“A aquisição da MadCode reforça nossa visão inovadora de ensino e abre um novo caminho para atuarmos no desenvolvimento de duas competências – o inglês e a programação - que são fundamentais para o futuro das crianças e adolescentes”, afirma o diretor geral do Cel.Lep, Felipe Franco.

Fundada em 2014 por Daniel Cleffi e Ralph Sapoznik, a MadCode conquistou posição de destaque no mercado de ensino de programação, com um crescimento de mais de 200% ao ano. Os dois sócios fundadores permanecerão à frente da escola, cuja qualidade de cursos e linha pedagógica estão bastante alinhadas com as do Cel.Lep, inclusive por ter a tecnologia como ponto central da metodologia e proposta de ensino.

Completando 50 anos de atividade em 2017, o Cel.Lep se torna um Learning Center voltado a formar jovens para o mercado futuro em habilidades fundamentais no século XXI. O ensino de programação ainda é novo no Brasil, mas apresenta grande potencial de crescimento, segundo tendência já consolidada em outros países, como a Inglaterra, onde inclusive já entrou no currículo das escolas.

“O mundo é muito tecnológico para não alfabetizarmos digitalmente nossos filhos. Desta forma, saber programar é tão importante quanto falar inglês, e o Cel.Lep se torna um centro de educação e preparação para o Século XXI”, afirma Daniel Cleffi.

A aquisição também permitirá ao Cel.Lep aumentar o número de unidades de rua e In School (unidades instaladas em estabelecimentos de ensino), chegando a um total de 78 filiais em São Paulo (capital, região metropolitana e interior) e no Rio de Janeiro.

Haverá unificação comercial e operacional dos serviços para atuação como escola única, porém as duas marcas seguirão independentes, cada uma focada em seu respectivo segmento de ensino. Cleffi e Sapoznik passam a ser responsáveis pela área de programação do Cel.Lep, ampliando a sinergia na área de tecnologia.

Crescimento do ensino de programação

Formar jovens, desde a infância, para atuarem com programação e serem fluentes em inglês é fundamental para o seu futuro profissional. Atualmente já há uma forte escassez de profissionais com habilidades em programação, e estima-se que, em 2020, este déficit atinja 408 mil profissionais, segundo pesquisa da Softex (Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro). Nesse sentido, diversos países, incluindo o Brasil, já avaliam a possibilidade de incorporar a linguagem de programação ao currículo escolar de crianças e adolescentes, a exemplo do que foi feito na Inglaterra, em 2014.

“A Programação, como toda linguagem, estrutura a forma de pensar. Ensinando-a aos jovens desde cedo, desde a infância, os benefícios transcendem apenas o conhecimento técnico: fomenta habilidades como raciocínio lógico e foco, resiliência e criatividade, e o aprendizado de outras disciplinas, como o próprio inglês”, observa Ralph Sapoznik, ao destacar que a MadCode e o Cel.Lep irão oferecer, inclusive, cursos de programação na língua inglesa.

Sobre o Cel.Lep – O Cel.Lep completa 50 anos em 2017. Foi fundado em 1967, pelo professor Walter Toledo Silva, sendo o pioneiro e inovador na implantação de laboratórios para o ensino de línguas no País. Até 1990, quando lançou o curso Teens, atendia apenas o público adulto. Em 1998, em parceria com o Colégio Guilherme Dumont Villares, inaugurou sua primeira unidade In School. Novos cursos para o público infantil, a partir dos três anos de idade, foram sendo implantados a partir daí. Desde sua fundação, o Cel.Lep atendeu mais de 160 mil alunos. Anualmente, são mais de 15.000 estudantes nas 45 unidades, sendo todas próprias.

Sobre a MadCode – A MadCode foi fundada em 2014 por Ralph Sapoznik e Daniel Cleffi, reconhecidos por sua atuação empresarial nos ramos tecnológicos e educação. Tornou-se a principal rede de Escolas e Sistema de Ensino de Programação para crianças e adolescentes com currículo plurianual desenvolvido no Brasil, atuando hoje em mais de 23 unidades e InSchools nos Estados de SP e RJ. Seu compromisso com a qualidade e programa pedagógico são as ferramentas para o cumprimento de sua missão de ensinar jovens (de 5 a 17 anos de idade) a transformar suas vidas por meio de coding e tecnologia, oferecendo recursos para que deixem de ser meros consumidores e passem a ser produtores de soluções.
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário