Cantor Péri homenageia Roberto Carlos e Erasmo Carlos, no TAC - Salvador - BH


Péri faz homenagem a Roberto e Erasmo Carlos no Domingo no TCA

Cultura

Mais uma atração musical inédita do projeto Domingo no TCA, o cantor e compositor baiano Péri vai homenagear Roberto Carlos & Erasmo Carlos no show intitulado “O Meu Amor Maior do Mundo”, em cartaz no próximo dia 21 de maio, às 11h, na Sala Principal do Teatro Castro Alves. O tributo aos dois ícones da Música Popular Brasileira – cantores e compositores com uma vasta obra de sucesso iniciada na Jovem Guarda dos anos 1960 – será também um show romântico destinado a embalar os corações sensíveis do público, no mês que é especialmente dedicado às mães e às noivas.

No repertório, uma seleção de canções marcantes da dupla Roberto e Erasmo, que vêm conquistando várias gerações, a exemplo de “Como É Grande o Meu Amor Por Você”, “Olha”, “Proposta”, “Esqueça” e “Detalhes”. “O Meu Amor Maior do Mundo” é um show de celebração ao amor e amizade, a paz e a tolerância”, diz o artista, que subirá ao palco acompanhado pelos músicos Rodrigo Fonseca no baixo, Cuca Ferreira no sax barítono e Marcelo Éfori na bateria.

Os ingressos para o show de Péri têm o valor simbólico de R$ 1 (inteira) e R$ 0,50 (meia), e serão vendidos no mesmo dia, a partir das 9h, com acesso imediato do público. O projeto Domingo no TCA é uma iniciativa do Teatro Castro Alves, através da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).

PÉRI (CANTOR, COMPOSITOR E PRODUTOR) - Periandro Cordeiro Nogueira, 52 anos, nasceu em Salvador, onde ouvia, ainda menino, o som dos blocos mais tradicionais do bairro, Apaches do Tororó e Secos e Molhados, que se concentravam nos dias de carnaval na porta da casa de seus avós.

Despertado o interesse pela música, montou a banda Deita e Rola com amigos do bairro do Acupe, passo inicial para os festivais de escola, apresentações como crooner de boate, bares, bailes e em carnavais, quando cantou na Banda Pike, nos anos 1980. Já na carreira solo, Péri se apresentou no TCA, Concha Acústica, teatros do ICBA e da ACBEU, em Salvador. Péri foi considerado destaque nas edições de 86 e 90 do Troféu Caymmi – o mais respeitado e concorrido da música baiana –, levando os prêmios de melhor compositor, intérprete, produção, show, iluminação e banda. Mudou-se para São Paulo em 1991.


Grammy Latino - O cantor baiano já fez apresentações no John Anson Ford Amphitheatre Hollywood em Los Angeles, Estados Unidos, e no Festival de Vicky, Barcelona na Espanha. No Brasil, fez shows no Memorial da América Latina, Sesc Pompeia, Biblioteca Mário de Andrade e Museu de Arte Moderna da Bahia, dentre outros espaços. Gravou os álbuns “A Cama e a TV” (1997), “Morda Minha Língua” (2001), “Ladainha” (2003), “Samba Passarinho” (2005), “Segundo Tempo” (2007), “Vibe (2009)”, “2012” (2012) e “O Eterno Retorno” (2016). O CD Samba Passarinho foi finalista do Grammy Latino 2006, Prêmio Tim 2006 e do Projeto Rumos Itaú 2005. Péri já teve composições gravadas por nomes como Gal Costa, Vânia Abreu, Jussara Silveira, e Margareth Menezes.

SERVIÇO:
“DOMINGO NO TCA” APRESENTA:
PÉRI - “O meu amor maior do mundo” –tributo a roberto carlos & erasmo carlos

Quando: 21 de maio, domingo.
Horário: 11h
Ingressos*: R$ 1/R$ 0,50
*Vendas somente no dia, a partir de 9h, com acesso imediato do público.

In www.cultura.ba.gov.br
---------------------------------
 Péri - Eu não existo sem você
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário