3º Seminário Internacional de Mães reuniu mais de 1000 pessoas em SP


Palestrantes discutiram temas como saúde, desenvolvimento infantil, finanças e paternidade.

Alba Bittencourt
Portal Splish Splash

"Eles mudam a gente. Nos tornam mais carinhosos, humanos, gentis, educados, pacientes. Falamos mais bom dia, obrigado, com licença. Ficamos mais honestos e preocupados com ecologia". Foi assim que Marcos Piangers, autor do best seller Papai é Pop, começou seu discurso para uma plateia formada por 917 mães e 89 pais durante o 3º Seminário Internacional de Mães (seminariodemaes.com.br), que aconteceu no último sábado (6), em São Paulo. 


Piangers emocionou o público ao falar sobre culpa e fez um apelo para que as mães não julguem umas as outras. "Não se culpem se vocês não conseguiram fazer parto natural, amamentar até os `18 anos`, chegar no horário, trabalhar. Não se culpem. Todo mundo aqui está tentando", disse. "Ter filho é difícil e terrivelmente cansativo. Às vezes você se pergunta: `poxa, eu vejo fotos tão bonitas de todo mundo no Instagram! As crianças dormindo... E sabe por que? Porque essa é a única hora que os pais têm tempo de tirar foto", disse Piangers, tirando risadas do público. 

Durante o seminário, Estela Renner diretora de "O Começo da Vida" falou sobre a sua experiência com o filme. Outra palestrante, Mara Luquet, comentarista da CBN, destacou a importância de ensinar os filhos a fazer escolhas. A psicoterapeuta americana Tina Bryson falou das suas descobertas sobre o cérebro das crianças e, o médico Drauzio Varela, da importância de se cuidar da saúde. "Fazer exames não é cuidar da saúde. É prevenção", disse.


Em sua terceira edição, o evento, que aconteceu pela primeira vez em São Paulo, reuniu pais e mães de diversas idades, estados e perfis. "Esse seminário tem uma grande força transformadora. Nosso principal desafio é contribuir para que nossos filhos sejam melhores do que a gente tem conseguido ser", disse Ivana Moreira, uma das organizadoras do evento, ao lado de Ana Paula Menegatti, Flávia Fontes e Tamara Foresti, diretora da rede TopMothers.


    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário