Música clássica transforma vidas de jovens da periferia

Divulgação/ONG Ação Social pela Música do Brasil

Por meio do ensino de música clássica, jovens conseguem ampliar seus olhares para o futuro

Portal Brasil
 
Ação social está em nove núcleos em três estados brasileiros. Mais de dez mil estudantes já participaram da iniciativa

Com o apoio do Ministério da Cultura, a Organização Não Governamental Ação Social pela Música do Brasil (ASMB) leva inclusão social por meio do ensino da música clássica a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

Junto a outros jovens de comunidades pobres do Rio de Janeiro, o hoje contrabaixista clássico David Nascimento integra a Orquestra Jovem do Brasil, que já se apresentou no Teatro Municipal do Rio de Janeiro e na Cidade das Artes.

David tem 20 anos e está há cinco anos na ONG. Além de fazer parte da Orquestra, ele também ensina contrabaixo. "Conheci o contrabaixo por amigos que já faziam o projeto. Fui com o intuito de tocar violoncelo, só que não tinha, só tinha o contrabaixo. Foi quando cheguei à sala, o professor estava tocando, e eu me apaixonei pelo instrumento. Pensei: 'eu quero isso pra minha vida'", destacou

Entrar numa universidade de música é o próximo passo de David, morador do Chapéu Mangueira, comunidade da cidade do Rio de Janeiro, em direção ao sonho de sua carreira nos palcos. “A música representa mudança de vida, assim como transformou a minha, transformou a de milhares de jovens”, disse David.

Para o coordenador pedagógico do Ação Social pela Música do Brasil, Júlio Camargo, a música é um agente de transformação social. “A musica é poderosa, mobiliza, faz com que os jovens percebam o seu aprendizado”, frisou.

A estudante Mariana Pereira da Silva, 17 anos, aprendeu a tocar violino no projeto e decidiu que quer seguir carreira na música clássica. “A música pra mim é tudo. Nunca imaginei tocar violino, nunca imaginei fazer viagens. Hoje em dia, o que mais quero é ser musicista”, conta.

O projeto funciona em nove núcleos de três estados brasileiros: Rio de Janeiro, Paraíba e Rondônia. Desde 1996, início do projeto, mais de dez mil estudantes já passaram pelas salas de aula da ONG.

http://www.brasil.gov.br/cultura/2017/04/musica-classica-transforma-vidas-de-jovens-da-periferia
 
Projeto social muda vida de jovens carentes através da música
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário