Master class gratuita conta a história da música instrumental brasileira


 
Alba Bittencourt
Portal Splish Splash

Com os colonos, escravos, navegadores, soldados, religiosos e nobres da corte que povoaram o Brasil desde seu descobrimento, vieram instrumentos e ritmos os mais diversos. A partir de então, começou a ser construída o que hoje conhecemos como música brasileira. Um passeio por essa rica história será o tema da master class apresentada pelo violonista Turíbio Santos neste sábado (29/04) no Paço Imperial, no Centro do Rio. O evento, gratuito, faz parte de uma programação desenvolvida pelo projeto Villa-Lobos e as Crianças. A abertura tem apresentação da Orquestra Filarmônica do Projeto, a partir das 12h. Logo em seguida, às 13h, tem início a aula especial.

Com o tema “Raízes Instrumentais da Música Brasileira”, Turíbio Santos vai explorar as origens da nossa rica musicalidade. Flautas, clarinetas, violas e vihuelas, guitarras, bandolins, mandolinas e um leque de pequenas percussões criavam um ambiente mais humano nas duras travessias dos oceanos. Aos poucos, os instrumentos se adaptavam ao clima tropical e à cultura africana e europeia, dando origem à nossa música popular, ao samba, ao choro e a muitos outros ritmos hoje tipicamente brasileiros.

 
Turíbio Santos é grande conhecedor da nossa música instrumental. Considerado um dos grandes violonistas clássicos da atualidade, já se apresentou e gravou em vários países, tendo dividido o palco com celebridades musicais (Yehudi Menuhin, M. Rostropovitch, Victoria de Los Angeles, J. P. Rampal) e orquestras renomadas (Royal Philharmonic Orchestra, English Chamber Orchestra, Orchestre National de France, Orchestre National de L'Opéra de Monte-Carlo, Orquestra Sinfônica Brasileira). No Brasil, atuou no resgate à obra de nomes como João Pernambuco e Garoto. Criou a Orquestra de Violões do Rio de Janeiro (1983) e a Orquestra Brasileira de Violões (1985), além de ter lançado os álbuns “12 Estudos para Violão de Heitor Villa-Lobos” e “Choro do Brasil”. Em 1999, regravou a obra completa de Villa-Lobos para violão, para uma série de CDs comemorando os 500 anos do descobrimento do Brasil. É membro da Academia Maranhense de Letras e da Academia Brasileira de Música, além de ser membro-fundador do Conseil d'Entraide Musicale, da Unesco.

Para embalar este encontro especial, a Orquestra Filarmônica do Projeto apresenta, sob a regência do maestro Sérgio Barboza, um repertório didático e artístico, incluindo obras de Heitor Villa-Lobos.

Esta será a segunda master class da programação. Outros eventos terão como tema O Quarteto de Cordas (com o Quarteto Radamés Gnatalli), em 06/05; Conservação de Manutenção de Instrumentos (com Jonas Caldas), em 13/05; Meu Primeiro Videoclipe (com Aline Lourena), em 27/05; e Formações Orquestrais em Villa-Lobos (com o maestro Marcelo Jardim) em 17/06.

 
Os eventos são sujeitos a lotação e abertos a todos que tenham interesse na música popular e erudita, profissionais ou admiradores. O Projeto Villa-Lobos e as Crianças desenvolve um trabalho cultural através da música, que visa à profissionalização de jovens talentos de comunidades carentes no Rio de Janeiro. Criado em fevereiro de 2008, tem como ponto de partida os ensinamentos pedagógicos do maestro Heitor Villa-Lobos. O projeto é patrocinado pela Vivo e pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

SERVIÇO:
Master class do projeto Villa Lobos e as Crianças: Raízes Instrumentais da Música Brasileira, do Turíbio Santos
Data: 29/04/2017 (sábado)
Horário: às 12h, Orquestra Filarmônica do Projeto Villa; às 13h, master class com Turíbio Santos
Local: Paço Imperial
Endereço: Praça Quinze de Novembro, 48 - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Classificação: Livre
Entrada: Gratuita
Mais informações: https://www.villaloboseascrian cas.com/agenda | http://www.turibio.com.br/

Licenciada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora militante do Portal Splish Splash e Administradora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal.

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário