Jonathan Tadeu e Vitor Brauer trazem Geração Perdida de MG ao Rio


Jonathan Tadeu e Vitor Brauer tocam no Rio de Janeiro
As bandas cariocas Joana de Barro e Bordô fazem a abertura

                                                                                                                                 
Alda Jesus
Portal Splish Splash

É possível fazer uma turnê nacional sem sair na grande mídia? Os cantores Jonathan Tadeu e Vitor Brauer acreditam que sim. No dia 30 de abril (domingo) eles desembarcam no Rio de Janeiro com a turnê “Sem Sair na Rolling Stone”, com participação especial de Fernando Motta. A abertura dos shows fica por conta das anfitriãs cariocas Joana de Barro e Bordô, tocando um rock poético que traz influências da MPB. Os ingressos custam 10 reais e a classificação etária é livre.

Jonathan Tadeu é um dos representantes do rock triste belorizontino. Ex-integrante das bandas Quase Coadjuvante e Lupe de Lupe, ele traz um som com guitarras lamuriosas e um vocal limpo e simples. No repertório do show, canções de seu álbum mais recente “Filho do Meio”, lançado este ano. Outro mineiro representante da “Geração Perdida de Minas Gerais”, Vitor Brauer traz para a Zona Oeste as canções do disco “História do Brasil”, com 63 covers de artistas nacionais. O músico ficou conhecido no cenário nacional quando participou da banda Lupe de Lupe, na qual era vocalista e principal letrista. Atualmente, se dedica à carreira solo e à banda Xóõ.

Recebendo os mineiros, a Joana de Barro convida o público a transitar pelo rock, jazz e o popular. Formada por Gênesis Chagas, Lucas Barata Machado, Danilo Machado, Gabriel Bing, Marcelo Morgado e Rogério Costa Jr., os rapazes apresentam as canções do disco de estreia “Mió”. A sonoridade da banda une influências que vão do Clube da Esquina ao funk, do hardcore ao afroreggae, além de trazer o ingrediente principal: a poesia livre. Base das composições, os poemas e a variedade rítmica se misturam e entregam um som singular e denso.

Quem também toca na abertura do evento é a Bordô, que toca um mix de músicas para todos os gostos: do dançante ao introspectivo, das guitarras aos sintetizadores, da leveza ao pesado. No repertório, canções do EP “O Boato da Viúva Vermelha”, de 2015. O grupo é formado por Rafael Lourenço (voz, guitarra, teclados), Daniel Schettini (guitarra), Marcelo Santana (bateria) e Gabriel Martins (baixo).

A Casinha é um espaço na Zona Oeste voltado para a divulgação da música independente. A casa de shows fica localizada na Rua Catiara, nº 372, no bairro de Campo Grande.

Serviço
Jonathan Tadeu e Vitor Brauer com Joana de Barro e Bordô
Data: 30/04/2017 (domingo)
Horário: 18h
Local: Casinha
Endereço: Rua Catiara, nº 372 - Campo Grande - Rio de Janeiro/RJ
Ingressos: R$ 10
Classificação etária: Livre
Alda Jesus

Sobre a autora

Alda Jesus - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário