Da ilha Terceira a Lisboa para ver Roberto Carlos




Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook
https://www.facebook.com/carlosalberto.alvessilva.9
Como eu sempre digo, Roberto Carlos tem fãs pelos quatro cantos do mundo, inclusive nos Açores, as nove ilhas de sonho. Açores que ainda mantém a esperança de ver Roberto Carlos. Mas aqui fica sempre a dúvida, ou seja, São Miguel ou Terceira? Tanto quanto sei, já foram esboçadas tentativas, mas sem a almejada concretização, atendendo à onerosidade da deslocação, incluindo, obviamente, o “cachet”.
Virando agulhas de novo para fãs, um amigo meu,  que vive na ilha Terceira, vai deslocar-se a Lisboa para, no dia 19 de abril corrente, assistir ao show de Roberto Carlos no Meo Arena, show esse integrado nas comemorações do seu aniversário, ou seja, os seus 76 anos de vida.
Francisco Cordeiro, que foi futebolista açoriano (dos mais credenciados), é o cidadão que, de avião, em linha reta, vai percorrer 973 milhas (1566 quilómetros) para estar presente no referido evento que se poderá considerar do sonho à realidade. Na bagagem, leva outro desejo, isto é, ser recebido por Roberto Carlos no seu camarim. Este é, de facto, um desejo de muitos e muitos fãs do rei. Nem todos conseguem como se compreende. Como nem todas as mulheres, naquele corre-corre para junto do palco, recebem das mãos do rei a tão apreciada rosa.
Acresce que Francisco Cordeiro se fará acompanhar pela esposa. Que os desejos sejam concretizados: uma ida ao camarim e uma rosa para a senhora.

Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Atualmente com site próprio (http://jornalistacarlosalbertoalves.blogspot.com) e contribuidor diário no Portal Splish Splash e no site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. jornalistaalves@bol.com.br

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário