A “Sereia” – Eu acertei na muge




Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook
https://www.facebook.com/carlosalberto.alvessilva.9
Começo a acreditar que sou mais um génio à superfície da terra.  Estou sonhando. Sonhar? Alguma coisa que se coma? Desculpem, estava em outra onda comestível. Os meus radares apontados para o Portal Luso Brasileiro – Splish Splash. Afinal, o que queria da “menina dos olhos” do gajo do carago? Andei em vacilos, até que fiz um desenho de uma caravela e surgiu o que eu pretendia. Coisa de génio. A tal caravela que levou o Roberto e o Armindo naquela “famigerada” viagem Circum-Navegação, com passagem por Recife, abalroamento em João Pessoa onde mudaram de caravela. Chegou outra em velocidade supersónica para dar continuidade à viagem.
Sobre a dita viagem falou-se em sereias que os acompanhava, quiçá atraídas pelo cheiro do bacalhau cozido com batatas, ovos, couve e demais condimentos de um excelente bacalhau à portuguesa preparado pelo Armindo Guimarães. Mas elas, sereias, queriam mais do que isso. Queriam ter nos seus braços esse bravos marinheiros. Mas eles aqui não quiseram ser destemidos, optaram por registar as sereias, a forma como elas se movimentavam, o seu dialogar meio-humano, meio-peixe. E tudo isso teve uma razão de ser. Esta:
“Um dos maiores nomes da música brasileira, Roberto Carlos lança nessa quarta-feira, 5, a música inédita “Sereia”. A faixa foi composta pelo artista especialmente para a novela Força do Querer, de Gloria Perez, que estrou ontem no horário nobre da Globo. Balada com o tom romântico característico do Rei, “Sereia” é tema da protagonista da trama, interpretada por Ísis Valverde. A produção é do próprio Roberto, com arranjo de Tutuca Borba”.
E de tudo isto, só lamento que, nos arranjos musicais, não esteja o Armindo Guimarães com as suas célebres castanholas. Mas, porém, fica uma meia-satisfação o facto de ele estar presente com o rei quando as sereias acompanharam a caravela ao cheiro do bacalhau (não o bacalhau caralho do Quim Barreiros) e atraídas pela beleza dos dois velejadores. O perfume de ambos era, naquele dia, de enorme qualidade. Só mesmo para as sereias...
Carlos Alberto Alves

Sobre o autor

Carlos Alberto Alves - Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Colabora semanalmente no programa Rádio Face, da Rádio Ratel, dos Açores. Leia Mais sobre o autor...

Compartilhar Google Plus
    Comentários

1 comentários :

  1. E eu a pensar que era só o Zé da Pipa que gostava de se meter com o patrãozinho do Portal Splish Splash!!! Estão todos feitos, é o que é! Vou fazer queixa ao NMQT.

    ResponderEliminar