80 anos de Guernica: obra é homenageada em livro infantojuvenil


Livro de arte mostra o processo de criação de Guernica, obra-prima de Picasso

                                                                                                                                  
Alda jesus
Portal Splish Splash

De forma não convencional, obra contextualiza vida e obra do artista espanhol, suscitando reflexões sobre violência política e promovendo educação pela paz

Obra de arte monumental e um dos ícones contra a violência política, Guernica é o grito de Picasso diante do fascismo e da barbárie. Ao ver uma foto da cidade basca bombardeada no auge da Guerra Civil Espanhola, o artista imediatamente começou a desenhar fragmentos de fúria e imaginar uma gigantesca tela em preto e branco, à altura de sua revolta.

O passo a passo dessa magnífica criação é revelado em detalhes no álbum informativo Picasso e o Guernica, concebido pelo escritor, editor e educador francês Alain Serres, que a SM acaba de lançar.

Voltado para leitores a partir de dez anos, o livro apresenta os sucessivos estudos e esboços e os vários estágios da obra fotografados pela amiga Dora Maar até a concepção final da tela, de quase oito metros de comprimento, que é reproduzida em um fôlder interno. Além disso, a obra é contextualizada na história e na vida desse gênio revolucionário, que inventou uma nova maneira de olhar a realidade.

Textos poéticos e informativos caminham o tempo todo juntos, convidando não só à fruição estética, mas favorecendo a observação e estimulando a imaginação e reflexão dos leitores. Além dos registros de Guernica, essa estrutura narrativa, que foge do habitual, reúne obras expressivas das diversas fases de seu trabalho, incluindo as pintadas na infância.

Para completar, discussões em torno da violência e a promoção da cultura pela paz, temas sempre urgentes, são recontextualizados nessa obra de modo original.

FICHA TÉCNICA
Picasso e o Guernica – Alain Serres
Formato: 22,5 x 30 cm
Páginas: 56
Preço: R$ 41,00 ISBN: 978-85-418-1343-3

Sobre o autor: Alain Serres nasceu em Biarritz, França, em 1956. Tem mais de uma centena de livros para crianças e jovens, incluindo álbuns, poemas, adaptações e traduções em diversos países. Entre seus temas prediletos, estão os direitos humanos, especialmente os ligados à infância. Como sempre quis trabalhar com obras que despertassem o questionamento e a imaginação no público infantil, criou, em 1996, a editora Rue du Monde. Pela SM também publicou Agora, Minha casa azul e Talvez o mundo...

Sobre a editora: Fundada em 1937, a SM não se intitula uma empresa mas, sim, um projeto cultural e educativo com duas áreas de atuação plenamente integradas: em primeiro lugar, na elaboração e oferta de conteúdos e serviços educativos de prima excelência, sobretudo didáticos e de literatura infanto-juvenil, e, em segundo, no trabalho social realizado pela Fundação SM, que destina todos os recursos provenientes da atividade comercial da SM para melhorar a qualidade da educação e levar a docência e cultura aos setores menos favorecidos da sociedade. Focada no âmbito ibero-americano, a SM está presente em 10 países e são mais de 2.300 profissionais e voluntários se dedicando a este projeto. No Brasil, atua desde 2004.

Sobre a coleção: Com ilustrações e projetos gráficos primorosos, os livros da coleção MATIZES iniciam o leitor no universo das artes plásticas. Os volumes apresentam a vida e a obra de grandes artistas, com ilustrações que evocam seus estilos, assim como reproduções de suas telas.
Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário