UICC e Pfizer lançam projeto que apoia mulheres com câncer de mama metastático



União Internacional de Controle do Câncer e Pfizer lançam nova fase de projeto mundial que apoia mulheres com metástase

                                                                                                                                  
Alda Jesus
Portal Splish Splash


Organizações do mundo todo podem inscrever, até 19 de abril, propostas focadas em soluções para tratamento, cuidados e apoio a essas pacientes


Até 30% das mulheres com câncer de mama passarão pelo processo de metástase, quando o tumor se espalha por outras partes do corpo, mesmo se a doença é detectada precocemente1. Porém, enquanto o financiamento global para a doença em estágio inicial tem recebido atenção especial, poucos recursos têm sido dedicados a pacientes com tumores em estágios avançados. Por isso, com o intuito de melhorar o suporte a essas pacientes, a União Internacional de Controle do Câncer (UICC) e a Pfizer acabam de lançar uma iniciativa mundial para beneficiar os melhores projetos focados na doença metastática ao redor do mundo.


A UICC é a principal organização mundial não governamental focada em políticas voltadas ao câncer e atualizações científicas ligadas à doença. Criado em 2015, o projeto “SPARC (The Seeding Progress and Resources for the Cancer Community): Desafio do Câncer de Mama Metastático” tem o objetivo de incentivar a implementação de soluções para tratamento, cuidados e apoio às pacientes com câncer de mama metastático. Neste ano, a Pfizer vai investir US$ 530 mil para o financiamento de 20 novos programas voltados à temática.


O programa SPARC tem abrangência internacional e as organizações interessadas podem inscrever seus projetos até 19 de abril, por meio do site da UICC:  http://www.uicc.org/programmes/geti/sparc/sparc-metastatic-breast-cancer-challenge.
As iniciativas selecionadas serão anunciadas em outubro deste ano e o financiamento não está disponível para projetos que já estão sendo executados pelas organizações.


Serão beneficiadas 20 organizações, que deverão implementar projetos com foco nos seguintes objetivos: eliminar a lacuna no oferecimento de informações para a paciente sobre as opções de atendimento; aumentar a conscientização sobre as necessidades e os desafios enfrentados pelas mulheres com câncer de mama metastático; incorporar o câncer de mama metastático nas políticas de câncer de mama e reduzir o número de diagnósticos realizados em estágios já avançados da doença.


Os projetos serão selecionados a partir de um processo supervisionado por um comitê de direção externa, independente, constituído por especialistas líderes nas áreas de tratamento do câncer e amparo às pacientes com câncer de mama metastático. Esse comitê será presidido pela prestigiada oncologista Fátima Cardoso, que integra a diretoria da European Society for Medical Oncology (ESMO) e representa um dos principais expoentes da atualidade na luta contra o câncer de mama avançado.


Durante a primeira fase do programa, em 2015, 20 organizações de 18 países foram beneficiadas pela iniciativa, entre elas duas instituições brasileiras: a Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (femama.org.br) e o Instituto Oncoguia (oncoguia.org.br). “A doença metastática requer uma resposta rápida e individualizada dos sistemas de saúde, bem como recursos sociais e psicológicos de longo prazo. Durante o tratamento, as pacientes enfrentam decisões difíceis e ter apoio nesse processo é essencial inclusive para o progresso do tratamento”, afirma o diretor médico da Pfizer, Eurico Correia.

Sobre o câncer de mama
O câncer de mama é o tipo de tumor mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos de câncer a cada ano, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca). No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas, uma vez que grande parte dos casos é diagnosticada já em estágios avançados. Em 2013, 14.388 pessoas morreram no País em função do câncer de mama. Mais de 57 mil novos casos dessa neoplasia são identificados por ano no Brasil, segundo estimativas do Inca.

Referência
1 - O’Shaughnessy J. Extending survival with chemotherapy in metastatic breast cancer. The  Oncologist. 2005;10:20-29.                                                         http://theoncologist.alphamedpress.org/content/10/suppl_3/20.long. Accessed February 03, 2015.

Trabalhando juntos para um mundo mais saudável


A Pfizer investe fortemente no desenvolvimento de terapias que ajudem a prolongar e a melhorar a vida das pessoas. Os esforços se concentram na manutenção de um elevado padrão de qualidade e segurança durante os processos de pesquisa, desenvolvimento e manufatura de uma variada gama de produtos para o cuidado com a saúde. Seu portfolio global inclui medicamentos e vacinas, além de alguns dos produtos isentos de prescrição mais conhecidos no mundo. A cada dia, seus profissionais trabalham em prol do bem-estar, da prevenção, dos tratamentos e da cura para muitas das mais importantes doenças da atualidade. Como uma das principais companhias biofarmacêuticas e inovadoras do mundo, por mais de 150 anos a Pfizer vem colaborando com os profissionais de saúde, governos e comunidades locais para apoiar e expandir a atenção e o acesso à saúde, trabalhando para fazer a diferença na vida das pessoas. Para mais informações visite o portal www.pfizer.com.br e as redes sociais da companhia: Twitter, Facebook e YouTube.


União para Controle Internacional do Câncer (UICC)
Uma das maiores organizações sem fins lucrativos contra o câncer, a UICC conta com mais 800 participantes de diferentes instituições, distribuídas em 155 países – entre elas sociedades de câncer, ministérios de saúde, institutos de pesquisa, centros de tratamento e grupos de pacientes. Com o objetivo de diminuir o sofrimento causado pela doença, a UICC trabalha para inserir o controle dos tumores na pauta mundial de desenvolvimento e saúde. Mais informações: http://uicc.org  .

Licenciada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora militante do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal.

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário