Como foram os últimos dias de Graciliano Ramos?



Álbum de Nelson Cruz homenageia Graciliano Ramos e fala sobre criação literária


                                                                                                                                    
Alda Jesus
Portal Splish Splash


Com imagens altamente expressivas, o premiado autor e ilustrador mineiro reconta episódios importantes de Memórias do cárcere


Em 1936, durante o regime de Getúlio Vargas, Graciliano Ramos foi preso sem acusação formal, processo ou interrogatório e passaria quase um ano em prisões do Rio de Janeiro, como relatado por ele em Memórias do cárcere.


Tomando como base essa grande obra da literatura nacional, o consagrado ilustrador e autor Nelson Cruz recria em seu novo livro a fase final de confinamento do escritor alagoano na Casa de Correção, quando ele ficou preso na Sala da Capela junto com outras personalidades como o humorista Barão de Itararé, a comunista Olga Benário e a psiquiatra Nise da Silveira.


Com ilustrações de cunho fortemente expressionista, plenas de jogos de luz e sombra, perspectiva e profundidade, e por meio de uma recriação textual em terceira pessoa, Um escritor na capela representa, com rigor e sensibilidade, as dores e vivências angustiantes de Graciliano nesse período, assim como mostra sua força criativa e perseverança na escrita mesmo nas condições mais adversas.


Com esse novo álbum, Nelson Cruz não só presta uma bela homenagem a um dos maiores escritores brasileiros, como estimula o interesse pela sua obra e pelos processos de criação literária em geral — tal como fez com Guimarães Rosa em Longe dos gerais (Cosac Naify, 2004) e Carlos Drummond de Andrade em A máquina do poeta (Edições SM, 2012).


Em complemento, apresenta ao jovem leitor fatos relevantes da história de nosso país, estimulando reflexões sobre violência, sistemas prisionais, regimes totalitários, ditaduras e liberdade de expressão.

FICHA TÉCNICA

Título: Um escritor na capela
Autor e ilustrador: Nelson Cruz
Coleção: Rodopio
Formato: 17,5 x 28,5 cm
Páginas: 32
Preço: R$ 36,00
ISBN: 978-85-418-1074-6

Sobre o autor e ilustrador
Nelson Cruz nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, em 1957. Autor, ilustrador e artista plástico autodidata, recebeu destacados prêmios nacionais e internacionais, como o Jabuti (em cinco ocasiões) e o APCA de Melhor Livro Infantil com A máquina do poeta (Edições SM, 2012). Foi também indicado para o prêmio Hans Christian Andersen de ilustração em 2002 e para a prestigiada Lista de Honra do IBBY (International Board on Books for Young People) em 2004 e 2012. As ilustrações de seu livro Alice no telhado (Edições SM, 2011) fizeram parte da exposição internacional de ilustradores Tea with Alice, em homenagem aos 150 anos da obra Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll, montada no Museu de História de Oxford, em Londres, e, posteriormente, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa. Nelson Cruz mora e trabalha em Santa Luzia, cidade a 25 km de Belo Horizonte.

Sobre a editora
A SM faz parte de um grande grupo liderado pela Fundação SM, que atua em nove países (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, México, Peru, Porto Rico e República Dominicana) e é referência em educação em todos eles. No Brasil desde 2004, possui um catálogo ativo de quase trezentos livros de literatura e informativos infantis e juvenis.

Sobre a coleção
Concebidos por autores e ilustradores de renome no cenário nacional e estrangeiro, os sofisticados álbuns de Rodopio ampliam a percepção estética pela relação interdependente e dinâmica estabelecida entre texto e imagem — característica típica desse gênero inovador. Ilustrações expressivas convidam à participação criativa, deixando espaço para o enigmático ou irrepresentável, preenchendo lacunas propositadamente abertas do enredo e ampliando sentidos da leitura. Os álbuns aqui reunidos favorecem o desenvolvimento da competência visual e provocam o pensamento e a imaginação.
Alda Jesus

Sobre a autora

Alda Jesus - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário