Viver sempre vale a pena

Em novo livro, a escritora Célia Xavier de Camargo traz detalhes sobre o trabalho comovente de jovens no auxílio àqueles que pensam em tirar a própria vida

 
Alba Bittencourt
Portal Splish Splash

Por que certas pessoas desenvolvem a ideia do suicídio? O que as leva a um profundo desinteresse pela existência, que não vislumbrar outra saída senão a fuga aos compromissos assumidos? O que há por trás desse propósito, nem sempre visível aos olhos humanos? E o que pode ser feito para ajudá-las?

Em Viver sempre vale a pena!, um grupo de jovens domiciliados na cidade espiritual “Céu Azul” se propôs a trabalhar ativamente no auxílio a irmãos com tendências à autodestruição. O livro, emocionante relato de Eduardo, escrito por Célia Xavier de Camargo, reúne casos verídicos ocorridos em várias localidades e com pessoas de diferentes classes sociais.

A obra traduz com fidelidade, em linguagem acessível, os dramas vivenciados por almas em desalinho, mostrando o trabalho dos benfeitores espirituais, desde a investigação da origem dos problemas até a aplicação da terapêutica adequada.

Este é um grupo que se propõe a trabalhar junto aos maiores necessitados que existem: os suicidas. Para isso, é imprescindível estudarmos as raízes do problema. Basicamente, o nosso conteúdo abrangerá áreas de aprendizado em que procuraremos analisar “como”, “por que” e “quando” o suicídio ocorre, qual a terapêutica mais eficaz e quais os meios de ajuda de que podemos dispor.

A narrativa constitui, enfim, um estudo de casos que emociona, instrui e consola, revelando, ao mesmo tempo, que jamais se fica desamparado graças à ação nobilitante de mensageiros e deparentes e amigos.

Foi um período profundamente gratificante para todos nós, participantes dessa equipe, razão pela qual temos o prazer de entregar a público as experiências que vivenciamos, muito ricas em conteúdo e aprendizado, cujas anotações transcrevemos de 30 de abril de 1996 até a presente data.

A obra está disponível nas livrarias do país e pode também ser adquirida pelo site: http://www.boanova.net/.

Ficha técnica:

ISBN: 9788583530244
Formato: 16X23
Número de páginas: 272
Preço: R$ 37,90

Sobre a autora:

Célia Xavier Camargo nasceu em lar espírita na cidade de Gália, Estado de São Paulo, em 23 de junho de 1943, filha de Albertina e de Urbano de Assis Xavier, orador e médium de renome, discípulo de Cairbar Schutel. Célia participou ativamente do movimento espírita em Marília, no mesmo Estado, onde residiu de 1950 a 1974. Nessa cidade foi funcionária pública estadual e se diplomou em Contabilidade e Direito. Casada com Joaquim Norberto de Camargo e tem quatro filhos: Sérgio, Adriana, Alexandre e Eliane Cristina. Em 1974 a família se transferiu para Rolândia, no Paraná, onde permanece até hoje. Por doze anos lecionou na Faculdade de Ciências Contábeis e Administrativas dessa cidade. É atualmente presidente do Lar Infantil João Leão Pitta. Integra a Sociedade Espírita Maria de Nazaré, na qual é médium atuante. Muito ligada às crianças, há quase vinte anos trabalha na Evangelização Infantil. É responsável pela coluna “Espiritismo para Crianças”, do mensário “O IMORTAL”, de Cambé (PR). Já proferiu palestras em inúmeras localidades do País. Médium psicógrafa, teve publicados vários livros entre eles “Preciso de Ajuda”, pelo espírito Eduardo, “De Volta ao Passado”, pelo espírito César Augusto Melero e “Os Sinos Tocam”, pelo espírito Erick todos publicados pela Boa Nova Editora.

Licenciada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora militante do Portal Splish Splash e Administradora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal.

Compartilhar Google Plus
    Comentários

1 comentários :

  1. Ela é maravilhosa, mora perto da minha cidade. Grande médium e palestrante.

    ResponderEliminar