Livro infantil discute a importância da liberdade de pensamento


Vencedor do 11º Prêmio Barco a Vapor aborda a importância da liberdade de pensamento

                                                                                                                                
Alda Jesus
Portal Splish Splash

Com leitura leve e personagens divertidos, O vento de Oalab propõe questões filosóficas e existenciais de modo acessível aos leitores infantis

Um balão de pensamento vazio se desprende da página de uma história em quadrinhos e ganha vida própria ao perceber que é capaz de pensar sozinho. Impulsionado pela descoberta e feliz pela liberdade conquistada, aos poucos constrói sua identidade, refletindo sobre si mesmo e sobre as coisas do mundo, que acabam se expressando através dele. Nessa aventura fascinante, depara com as questões existenciais de uma gema de ovo, as meditações de uma goiaba insegura, o segredo ancestral do vento e as sutilezas da criação poética.

Vencedora do Prêmio Barco a Vapor Brasil 2015, promovido pelas Edições SM, essa história inusitada promove a reflexão sobre temas importantes, como a liberdade de pensamento, o amadurecimento e a existência, de maneira leve e adequada aos leitores a partir dos seis anos.

As cenas criativas aproximam o leitor da narrativa, com suas tiradas inteligentes e bem-humoradas. O livro também aborda sutilmente o contato com a criação poética e recorre à metalinguagem para enfocar o fazer artístico.

As ilustrações vibrantes e divertidas, com ambientações e caracterizações originais, trazem outros sentidos à história, ampliando as possibilidades de leitura.

 Sobre o autor

João Luiz Guimarães nasceu no Rio de Janeiro e passou a infância em Vancouver, Canadá. É jornalista formado pela Universidade de São Paulo. Trabalhou em revistas e agências de notícias e como roteirista de programas televisivos. Seus últimos trabalhos incluem roteiros para o programa Café Filosófico da TV Cultura e para outros canais como SBT, Nickelodeon e National Geographic, além de vídeos institucionais. O vento de Oalab é seu primeiro livro infantil.

 Sobre o ilustrador

Bruno Nunes nasceu em Belo Horizonte. Desde pequeno, já sabia que queria ser ilustrador. É formado pela Escola de Design de Minas Gerais e dono do estúdio criativo Caixa Amarela. Em seu trabalho, gosta de misturar arte feita à mão com técnicas digitais. Além de ilustrar livros infantis, é um dos integrantes da banda de “música livre” Constantina. Também ilustrou Meu amigo Ovídio.

 FICHA TÉCNICA

Coleção Barco a Vapor – Série Azul
ISBN: 978-85-418-1625-0
Formato: 12 x 19 cm
Páginas: 40
Preço: R$36,00

 Sobre a editora:

Fundada em 1937, a SM não se intitula uma empresa mas, sim, um projeto cultural e educativo com duas áreas de atuação plenamente integradas: em primeiro lugar, na elaboração e oferta de conteúdos e serviços educativos de prima excelência, sobretudo didáticos e de literatura infanto-juvenil, e, em segundo, no trabalho social realizado pela Fundação SM, que destina todos os recursos provenientes da atividade comercial da SM para melhorar a qualidade da educação e levar a docência e cultura aos setores menos favorecidos da sociedade. Focada no âmbito ibero-americano, a SM está presente em 10 países e são mais de 2.300 profissionais e voluntários se dedicando a este projeto. No Brasil, atua desde 2004.
Alda Jesus

Sobre a autora

Alda Jesus - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário