Aumento de consumo de água impacta nos gastos do condomínio

                                                                                                                                             
Alda Jesus
Portal Splish Splash

O aumento das chuvas e o fim do bônus concedido pela Sabesp para quem economizava água levaram moradores e síndicos de condomínios de São Paulo a adotar em menor escala medidas de economia, diferente do que acontecia na época de escassez nos reservatórios.

Levantamento da Aabic (Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo) indica que em novembro passado, o gasto médio com a conta de água por prédio chegou a R$ 3.296,00 contra R$ 2.629,00 no mesmo mês de 2015.

Se somarmos o aumento do consumo ao fim do incentivo para quem economizava ao aumento das tarifas de 8,40%, em maio do ano passado, o tamanho do impacto já pode ser sentido no bolso. Segundo estimativa também da Aabic, a conta de água aumentou seu peso nos custos dos condomínios, passando de 6,53% para 7,35% em 12 meses. Este foi o gasto que apresentou a maior alta em 12 meses entre as despesas dos condomínios de São Paulo.

A ItaBrasil, empresa especializada em consultoria e gestão condominial, vem apoiar as divulgações dos dados da entidade e alertar para os excessos que comprometem o controle das despesas com água.

Para combater o desperdício, os consultores da ItaBrasil listam algumas dicas importantes:

- A conscientização começa dentro de cada unidade. De nada adianta vários moradores economizarem se alguns não adotarem o mesmo, pois a tarifa é cobrada de acordo com o volume consumido pelo todo. Cada um deve fazer a sua parte.

- Além de verificar vazamentos, os síndicos devem treinar os funcionários na limpeza de áreas comuns como estacionamentos e fachadas, evitando-se o uso de mangueiras.

- Nesse sentido, lavadoras de alta pressão podem ser bons aliados, pois chegam a utilizar até 80% menos água do que uma mangueira convencional.

- O reuso da água da chuva para fins não potáveis é uma ótima alternativa para a diminuição do consumo de água. Atualmente, muitas edificações já contam com um sistema de captação de águas pluviais por meio de um reservatório. A água captada poderá ser utilizada na limpeza das áreas comuns e na rega de jardins.
Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário