Água morna com suco de limão em jejum para desintoxicar o organismo


Limão com água morna em jejum e adeus gordurinhas e fadiga!
Foto de Mario Covic

O efeito adstringente do limão pode operar maravilhas no organismo. O ácido cítrico trabalha como um verdadeiro detergente, dissolvendo gorduras e toxinas e tornando o PH do corpo alcalino

 
Alba Bittencourt
Portal Splish Splash

Para Renata de Abreu, que há mais de 14 anos é terapeuta de tratamento corporal e líder de negócios na indústria de Spa, o limão é o melhor aliado na busca de bem-estar físico, melhora nas funções do organismo e consequente maior energia no dia a dia. Renata explica: “o ácido cítrico do limão funciona como um detergente, dissolvendo toxinas e gorduras. Além disso, o limão ajuda também a equilibrar o PH do organismo, desintoxica, aumenta a produção de colágeno, aumenta resistência imunológica e facilita a queima de gordura localizada, entre outros benefícios. Ou seja, um verdadeiro aliado do bem-estar”.

O primeiro passo é começar a experimentar beber água morna com meio limão espremido em jejum, todas as manhãs. “Aguarde 15 minutos antes de tomar o café da manhã”, lembra Renata, “e não espere milagres. Muita gente desiste nos primeiros dias, por achar que não há resultados. Mas tudo que é natural precisa de um tempo maior para que o organismo se acostume e para que a mudança realmente aconteça. Vale a pena”, enfatiza a terapeuta.

Outras dicas de Renata com limão: congelar a fruta e ralar a casca para consumir com chás, sobremesas e outros alimentos. A casca do limão é rica em D-Limoneno, um princípio ativo que ajuda a combater a ansiedade e a depressão, ajuda a dissolver cálculos renais e a desentupir veias. A água com limão pode ser consumida várias vezes por dia, não excedendo 2 a 3 unidades da fruta por dia, e também no lugar de refrigerantes. No começo pode ser estranho, mas com o tempo e com os resultados, não tem como não se apaixonar!

Renata de Abreu
www.renatadeabreu.com.br | info@renatadeabreu.com
Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário