Roberto Carlos 1+1 em extras




Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook
https://www.facebook.com/carlosalberto.alvessilva.9
Quando ele esteve um tempinho ausente do país onde hoje ainda se fala muito de Futebol, mais do que Fátima, mais do que Fado (valha-nos aqui o que se publica neste Portal Luso – Brasileiro Splish Splash), as pessoas começaram a interrogar-se: será que ele deixou de gostar de nós? Não, nem pensar. Ele efetivamente gosta de nós e provou-o agora mais do que nunca. No espaço de dois anos, duas turnês ao portugalzinho de que ele tem raízes. Ele gostou em 2015 da forma em como foi carinhosamente recebido. Dois shows agendados (Lisboa e Porto) e, depois, mais dois. Matematicamente 2+2=4. Foi um delírio robertocarlístico, nomeadamente no Porto com a presença do tal gajo do carago que todos nós bem conhecemos. Para o gajo fã nº. 1 em Portugal (com residência na Maia – Porto), do sonho à realidade.  Sonhos e mais sonhos que continuam. Roberto Carlos optou por festejar o seu aniversário (um jovem de 76 anos) em Portugal. A notícia caiu nem uma bomba (até se diz que atiraram foguetes lá na Maia. Quem terá sido?) com o anúncio de dois shows um em Lisboa (no dia do aniversário, 19 de abril) e outro no Porto (Gondomar).
Posteriormente, mais uma boa notícia para os nortenhos, ou seja, um segundo show no dia 25  (Feriado Nacional). Mais foguetes foram lançados. O Porto a ganhar por 2-1, não podia ser. Robertinho, Robertinho. E Robertinho, face à enorme procura de ingressos, agendou mais um show (prefiro show a concerto) para Lisboa no dia 21. E Lisboa também cantou “Esse Cara é Ele Mesmo”. E como se tratasse de um jogo de futebol, aquela velha máxima do alentejano: “Deus queira que empatem”. E Roberto, ele próprio o juiz soberano, entrou nesse espírito e o resultado foi este: Lisboa, 2 – Porto, 2. E como seria interessante o rei convidar em Lisboa Bruno de Carvalho (o homem das arábias) e Luís Filipe Vieira (o homem que festeja títulos) e, no Porto, o carismático Jorge Nuno Pinto da Costa. Mas para ficar de novo empatado, falta um. Não ao Major Valentim Loureiro. Quem poderá ser, afinal? Eu dou o meu voto para o efeito: o gajo do carago, Armindo Gonçalves Guimarães. Gostaram? Um delírio robertocarlístico sem ilusionismo.
Compartilhar Google Plus
    Comentários

1 comentários :

  1. Só sei que Roberto Carlos adora número 4, pois em seu nome, de acordo com a numerologia, este não existe. É a numerologia recomenda que: usemos de qualquer forma tais números ausentes.
    Creio e digo isto eu meu livro "Simbologia do aMoR para Roberto Carlos". Podemos constatar os números ausentes que ele tem no nome: 4 e 8. Seu endereço: Rua Portugal, 8 letras, na númerologia: 11
    Seu bairro Urca, 4 letras, na númerologia= 7.
    Número: 818, na númerologia= 8
    Somando-se todos, de acordo com a numerologia=8.
    É vão me dizer que ele nao utiliza a numerologia para seus shows?
    Número que ele não gosta é o 13, mas na numerogia=4. Sugiro que Roberto passe a gostar do 13.

    ResponderEliminar