Porque hoje é domingo





Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook
https://www.facebook.com/carlosalberto.alvessilva.9
Tenho 73 anos de idade, quase 53 (que se completam em março próximo) de ininterrupto jornalismo, 40 dos quais  ligado à atividade desportiva, os restantes 13, e desde que cheguei ao Brasil em 2004, virados para outras temáticas. Segui a máxima de um velho MESTRE que sempre me dizia que um jornalista é sempre jornalista em qualquer circunstância, daí que, há sete anos a esta parte (de 2010 a 2017), tenha virado agulhas para escrever sobre um dos meus maiores ídolos, o rei Roberto Carlos Braga. Sou seu fã desde muito novo, no tempo da Jovem Guarda em que acompanhava a música através de um pequeno receptor de rádio que meus pais, a muito custo, compraram para satisfazerem dois dos maiores desejos: ouvir música e relatos de futebol através de estações brasileiras.
Tenho paixão pelo faço em termos de escrita. É por isso que colegas meus, para além de chamarem dinossauro, sempre afirmam que a paixão pela escrita está sempre comigo. E é verdade. Mas faço-o sempre com o mesmo espírito de humildade, inclusive após ter recebido o estatuto de jornalista internacional, o que aconteceu em terras brasileiras num encontro para escritores e poetas luso-brasileiros em que fui distinguido com uma MENÇÃO HONROSA.

Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Atualmente com site próprio (http://jornalistacarlosalbertoalves.blogspot.com) e contribuidor diário no Portal Splish Splash e no site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. jornalistaalves@bol.com.br

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário