Dias trata de investimentos com Embaixada do Brasil em Portugal


Órgão representante deverá auxiliar o governo piauiense junto aos empresários e gestores públicos portugueses.

Redação CCom

Em agenda na Europa, o govenador Wellington Dias visitou, nesta segunda-feira (16), o embaixador do Brasil em Portugal, Luiz Alberto Figueiredo Machado. Ele recebeu o governador acompanhado do conselheiro Pedro Paulo D’escragnolle-Taunay. Na ocasião, Dias dialogou sobre demandas na área cultural e na intermediação de negócios e investimentos empresariais piauienses e portugueses.

Para o embaixador brasileiro em Portugal, a visita do governador do Piauí amplia negociações e possibilidades de novos negócios internacionais. “É importantíssimo trazer a Portugal oportunidades de negócio e de investimentos. A embaixada sempre busca atrair investimentos portugueses para o Brasil. A vinda do governador com uma visão estruturada de oportunidades que se abrem para que capitais da Europa possam ir para o Brasil nos é vista sempre com muita disposição para dar todo o apoio”, afirma.

Na agenda oficial a Portugal, Wellington Dias buscou novos investimentos internacionais para o Piauí. O intuito do governo piauiense é, por meio da Embaixada do Brasil em Portugal, mediar as negociações estabelecidas, fomentando novos intercâmbios econômicos e culturais. “Poder estar aqui tendo esse assessoramento da embaixada brasileira nos dá muita segurança nos entendimentos, principalmente com o setor privado e o governo português. Eles estão nos acompanhando nesses investimentos nessa área de parceria público-privada (PPP). Há um desejo natural dos portugueses em investir no Brasil”, destacou Dias.

Em Lisboa, Portugal, o Governo estadual esteve em reunião de negócios com a diretoria do Grupo Barraqueiro, um dos mais tradicionais em transportes de passageiros, mercadorias e logística da Europa. A intenção do governador do Piauí é atrair investimentos em mobilidade urbana em Teresina e a viabilização de rotas ferroviárias no Estado.

Durante o encontro, Dias destacou o interesse em desenvolver uma Parceria Público Privada (PPP) para viabilizar o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) na capital piauiense e a conclusão da ferrovia que liga São Luís, Teresina e Fortaleza, além de um trecho de 300 km até Parnaíba.

Intercâmbio cultural e histórico
A embaixada brasileira propôs organizar um momento Piauí em Lisboa, em Portugal, em áreas em que os portugueses manifestam interesse, trazendo também investidores do Brasil que queiram tratar com investidores portugueses. “Também tratamos sobre a programação dos 300 anos de Oeiras, e a embaixada propôs de fazermos uma agenda que possa ter a cidade irmã de Oeiras em Portugal com a câmara de Oeiras. Da mesma forma um momento de Portugal tratado com o embaixador de Portugal no Brasil, com o governo do Brasil e do Piauí e com o próprio setor privado e nesse sentido”, adiantou o governador. A ideia é reunir investimentos públicos e privados também na área do turismo histórico, fator que unifica piauiense e portugueses.  

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário