Brasil – Colômbia – O jogo da amizade




Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook
https://www.facebook.com/carlosalberto.alvessilva.9
Os laços de amizade entre Brasil e Colômbia ficaram mais apertados em função do trágico acidente que vitimou quase todo o time da Chapecoense quando viajava para aquele país a fim de disputar a final da Copa Sul - Americana.
Muitos foram os movimentos de solidariedade para com o clube de Chapecó e respectivas famílias dos atletas, técnicos e dirigentes que pereceram naquele que foi considerado o maior desastre aéreo para o Brasil.
Ora, as duas federações, com o fito de arrecadarem receita destinada às famílias dos malogrados componentes da Chapecoense, decidiram realizar um amistoso no Rio de Janeiro (Estádio do Engenhão) amanhã, dia 25, sendo de esperar uma significativa presença de público, atendendo ao fim a que se destina.
Em termos competitivos, este jogo da amizade serve também para o selecionador brasileiro Tite avaliar jogadores que não têm sido convocados para os jogos de apuramento ao Mundial de 2018 a disputar na Rússia, ou seja, o Brasil apresentar-se-á com um time só de jogadores que atuam nos clubes que disputam o Brasileirão, não recorrendo assim o técnico Tite aos que representam vários clubes no estrangeiro.
Um Brasil – Colômbia é sempre um jogo apetecido, mas este muito mais pelas circunstâncias que atrás referimos.

Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Atualmente com site próprio (http://jornalistacarlosalbertoalves.blogspot.com) e contribuidor diário no Portal Splish Splash e no site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. jornalistaalves@bol.com.br

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário