ÀS QUARTAS – FEIRAS – Da “mágica do computador”


Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook
https://www.facebook.com/carlosalberto.alvessilva.9

Por um período na sua vida de cantor, Roberto Carlos foi o primeiro e único artista em toda a história da música a gravar dois discos por ano, durante sua carreira um em português e outro em espanhol, ficando também registrados outros em inglês, francês e italiano. Sua coleção de Discos de Ouro, Platina e Diamante, se colocada lado a lado, daria a volta no Maracanã.

Na boate Plaza, no Rio. Cantava como crooner e o cachê só dava pra pagar a refeição.

Aos 15 anos de idade, mudou-se com a família para Niterói. Trabalhou como datilógrafo no Ministério da Fazenda.

No ano de 1968 casou- se na “Bolívia” pois no Brasil não havia divorcio, com Cleonice Rossi (Nice) desquitada e mãe de “Ana Paula” a qual Roberto Carlos registrou como filha. Desta união nasceram Roberto Carlos Braga II – (Segundinho ou Dudu) e Luciana. Segundinho nasceu com problemas de visão, foi operado na Holanda, nos Estados Unidos e assim, Roberto percorre o mundo atrás de cura, hoje Segundinho enxerga parcialmente, porém tem vida normal.

 Roberto Carlos é o único estrangeiro a ganhar o Festival de San Remo na Itália.

 Roberto Carlos é o único cantor latino americano a vender mais discos que os Beatles.

 Está no Guiness: Roberto Carlos é o cantor brasileiro que mais ganhou discos de Ouro, Platina, e Duplo de Platina. Cada disco de Ouro equivale a 100 mil cópias vendidas, o de Platina a 250 mil e Duplo de Platina a 500 mil.

A música Apocalipse bateu o recorde de execuções em um só dia, com 3.608, das 7 da manhã às 7 da noite. Para se ter uma idéia da grandiosidade destes números, as dez músicas do LP de 1993, somadas, alcançaram 5.981 execuções.

 Roberto Carlos ganhou o Grammy, o Oscar da Música, que o consagrou o melhor cantor pop latino.

 Roberto Carlos foi o primeiro artista nacional a atingir a marca de mais de 1 milhão de discos vendidos a cada lançamento.

Em 1988, coube a Roberto Carlos a honra de ter sido o primeiro artista nacional da CBS com um CD lançado no Brasil.

Em 1974, a Rede Globo apresentou, pela primeira vez, Especial de Natal com Roberto Carlos, inaugurando uma tradição que se repete até hoje, sempre com a participação de convidados especiais, mostrando que o Rei sempre teve muito mais que um milhão de amigos.

A música Amigo, serviu de tema para a visita do Papa João Paulo II ao México, cantada por um coro de crianças em transmissão ao vivo para todo o mundo.

Roberto Carlos ganhou da CBS, o Globo de Cristal, prêmio oferecido aos artistas que atingem a marca de 5 milhões de discos vendidos fora de seu país de origem.

Em 1981, muito antes da ecologia entrar na ordem do dia de todos os povos e continentes, Roberto Carlos evocava em As Baleias, os problemas com a caça predatória destes mamíferos.

Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Atualmente com site próprio (http://jornalistacarlosalbertoalves.blogspot.com) e contribuidor diário no Portal Splish Splash e no site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. jornalistaalves@bol.com.br

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário