Quando eu “espiei” Roberto Carlos num casamento em Petrópolis




Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook
https://www.facebook.com/carlosalberto.alvessilva.9
Esta uma história que eu ainda não havia contado. Estava há pouco sentado na praia cogitando sobre futuros trabalhos e veio-me à memória uma passagem em Petrópolis, cidade serrana do Estado do Rio de Janeiro.
Estava eu bem tranquilo em casa e uma amiga, que trabalha num hotel de Petrópolis, ligou para me comunicar que o Roberto Carlos estava em Petrópolis. Até pensei tratar-se de uma brincadeira, mas não. Havia toda a veracidade na informação, para mais que a pessoa era de confiança e também sempre me informava quando, uma vez por outra, o maestro Eduardo Lages ia lá almoçar.
Pensei três vezes e, como tinha uma praça de táxis mesmo à “mão de semear” (termo muito popular e que significa bem perto), larguei-me para o hotel, sem dúvida o de melhor qualidade de Petrópolis. Andei por ali, vi a minha amiga servindo clientes (fiz de contas que não a conhecia) e, de passo em passo, sorrateiramente, cheguei onde pretendia. De facto, Roberto Carlos ali estava numa festa de matrimónio. Até pensei com os meus botões: será que o Roberto casou de novo? Isso na exata medida em que os convidados concentravam os seus olhares no rei. Fiquei por ali circulando para não ser considerado um intruso (até era) e constatei como Roberto era carinhosamente saudado por todos os presentes. E querem saber mais: Roberto até cantou para os noivos. Logo a seguir, veio um garçom perguntar se eu queria alguma coisa, claro que respondi com uma mentirinha: não amigo, estou à espera de um casal amigo que foi ali cumprimentar os noivos e, também, sentir a performance da presença do rei Roberto Carlos. O garçom acreditou. Ainda fiquei mais um tempinho nesta de “espião” e, depois, satisfeito com o que tinha visto, regressei a casa e, pelo telefone, contei tudo ao meu amigo “Zé da Pipa” que, na intervenção seguinte para o Humor Robertocarlístico, falou da presença do rei num casamento em Petrópolis.
A Noiva entrou na igreja cantando  Olha Roberto Carlos
Compartilhar Google Plus
    Comentários

1 comentários :