O "Zé da Pipa" em cima do acontecimento de roupa nova






Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook
https://www.facebook.com/carlosalberto.alvessilva.9
Alô, onde te encontras meu velho?
“Zé da Pipa” – Em Sorocaba, São Paulo.
Como assim?
“Zé da Pipa” – Acompanhei uma fã do rei que veio para o show.
Mas não me pediste autorização, nem uma satisfação prévia...
“Zé da Pipa” – Gosto de fazer surpresas aos “patrãozinhos”.
Patrãozinhos, que eu saiba não sou dois...
“Zé da Pipa” – O outro também é.
Agora entendo o motivo porque apareceste de “roupa nova”, todo bonitão.
“Zé da Pipa” – Foi obra do gajo do carago.
Calculei. Mas ele é mestre...
“Zé da Pipa” – Nisto, naquilo, e muito mais, nomeadamente “caçador de borboletas”.
Neste preciso momento, o que me podes dizer do show, já que estás em Sorocaba?
“Zé da Pipa” – Maravilhoso. Casa cheia, muita gente conhecida das nossas páginas.
Nomes?
“Zé da Pipa” – Não posso. Prometi a elas que não divulgava.
Elas? Então antes do show começar metido com elas?
“Zé da Pipa” – Sim, tentando descobrir as que são verdadeiramente apaixonadas pelo rei.
E que mais?
“Zé da Pipa” – Cheirando aqueles perfumes gostosos. Como elas se apresentam nos shows, gostosas, atraentes.
Ena, já estás na onda do outro?
“Zé da Pipa” – Foi por isso que ele me ofereceu esta indumentária que estou estreando com o meu primeiro “patrãozinho”.
Falaste com o nosso amigo Cassol?
“Zé da Pipa” – Ele estava muito ocupado e, depois, como é seu hábito, tirando fotos para publicar no facebook.
É verdade. Eu já vi algumas postadas. Daí ter concluído casa cheia...
“Zé da Pipa” – É sempre casa cheia e isso irrita os ciumentos e invejosos.
Estou de acordo contigo.
Não te convidaram para ires ao camarim do rei com essa roupa nova?
“Zé da Pipa” – Não. Mas creio que esse dia chegará em breve.
E essa amiga que te deu carona, quem-é-quem?
“Zé da Pipa” – Só te posso dar algumas pistas. É advogada e tem um sorriso lindo, eu considero-a a “mulher sorriso”.
Já sei a Adnélia Santos?
“Zé da Pipa” – Não venhas com os teus estratagemas, porque daqui não levas mais nada. Achas que eu ia revelar o nome da pessoa que me trouxe aqui para Sorocaba? Tira o cavalinho da chuva.
Olha que essa de cavalinho da chuva pode ser mal interpretada...
“Zé da Pipa” – Entendo. O cavalinho, pois, o “tale” que é parente da couve.
Será que o rei gosta de couve?
“Zé da Pipa” – Temos que perguntar à governanta lá de casa.
Não me digas que já estás familiarizado com a governanta do rei?
“Zé da Pipa” – Ah, ah, ah. És um “patinho”. Eu já tenho muitos amigos chegados ao rei e que conhecem os cantos da casa. E agora vou mesmo terminar porque os seguranças aqui estiveram alertando para o erro que eu  estava cometendo a usar o celular em pleno show.
Carlos Alberto Alves

Sobre o autor

Carlos Alberto Alves - Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Colabora semanalmente no programa Rádio Face, da Rádio Ratel, dos Açores. Leia Mais sobre o autor...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário