Air Liquide firma contratos para o próximo veículo europeu de lançamento - foguete Ariane 6




Armindo Guimarães
Portal Splish Splash

A Air Liquide, líder mundial em gases, tecnologias e serviços para a indústria e saúde, firmou vários contratos para o fornecimento de equipamentos criogênicos que serão utilizados para a propulsão do futuro veículo europeu de lançamento Ariane 6, bem como para projetar e produzir sistemas de fluído criogênico para o novo Sistema de Lançamento Ariane (ELA4), do Centro Espacial da Guiana Francesa. Os contratos para venda desses equipamentos, que somam mais de 100 milhões de euros, serão executados ao longo dos próximos três anos.

A Air Liquide prestará suporte ao Centro Nacional para Estudos Espaciais (CNES) e à Airbus Safran Launchers (ASL), no que diz respeito ao desenvolvimento a bordo e em terra do futuro foguete Ariane 6. O Grupo será responsável pelos estudos criogênicos, mais especificamente pelo projeto e fabricação das linhas criogênicas dos tanques do estágio principal e do estágio superior desse veículo de lançamento, com  capacidade para 175 toneladas de hidrogénio líquido e oxigênio. A Air Liquide também foi escolhida para projetar os equipamentos de distribuição de fluidos criogênicos (oxigênio, nitrogênio, hidrogênio e hélio) necessários para a propulsão do novo sistema de lançamento (ELA4) do foguete Ariane 6, a partir da plataforma de Kourou, na Guiana Francesa.

Líder mundial em criogenia espacial, a Air Liquide vem apoiando há 50 anos o desenvolvimento de sucessivas gerações de foguetes Ariane (do 1 ao 5), através de suas inovações tecnológicas criogênicas e do fornecimento de um portfólio completo de equipamentos de alta tecnologia, gases e serviços correlatos utilizados a bordo e em terra. A propulsão criogênica oferece benefícios em termos de confiabilidade, segurança e excelência tecnológica, além de garantir mais precisão na órbita dos satélites. A Air Liquide está trabalhando, juntamente com outros players do setor espacial europeu, no aprimoramento do desempenho e da competitividade do futuro veículo de lançamento Ariane 6, cujo primeiro teste será realizado em 2020.

François Darchis, Vice-Presidente Sênior e membro do Comitê Executivo do Grupo Air Liquide, comentou: "Parceira histórica no programa espacial e player da comunidade científica, a Air Liquide desenvolveu extraordinário know-how em criogenia espacial e vem apoiando o programa Ariane em todas as etapas de desenvolvimento desses veículos de lançamento. Estamos satisfeitos pelo fato de podermos contribuir com um setor de excelência e de atender aos novos desafios do segmento espacial europeu".

Sobre a Air Liquide

Líder mundial em gases, tecnologias e serviços para a Indústria e Saúde, a Air Liquide está presente em 80 países, com aproximadamente 68.000 empregados e atende mais de 3 milhões de clientes e pacientes*. Oxigênio, Nitrogênio e Hidrogênio são moléculas essenciais à vida, matéria e energia. Elas incorporam o território científico da Air Liquide e estão no centro de suas atividades desde a fundação da empresa, em 1902.

A ambição da Air Liquide é ser líder em seu segmento, com performance a longo prazo e atuação sustentável. A estratégia da empresa centrada no cliente visa o crescimento rentável no longo prazo. Para isso, baseia-se na excelência operacional, investimentos seletivos, abertura à inovação e uma organização conectada em todo o mundo. Por meio do comprometimento e criatividade de seus empregados, a Air Liquide impulsiona a transição energética e de meio ambiente, as mudanças na saúde e digitalização, e entrega soluções que agregam valor a todos os seus públicos.

As receitas da Air Liquide somaram 16,4 bilhões de euros em 2015 e suas soluções de proteção à vida e ao meio ambiente representaram mais de 40% das vendas. Em maio de 2016, a Air Liquide completou a aquisição da Airgas, que teve receitas equivalentes a US$ 5,3 bilhões (cerca de € 4.8 bilhões) ao término do ano fiscal, em março de 2016. A Air Liquide está listada na bolsa de valores Euronext de Paris (seção A) e é membro dos índices CAC 40 e Dow Jones Euro Stoxx 50.

*Após a aquisição da Airgas em 23 de Maio de 2016
Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário