Abril em Portugal terá Roberto Carlos com concertos em Lisboa e Gondomar




Por: Armindo Guimarães
Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins
Facebook

Motivo de notícia nos meios de comunicação social o regresso do Rei a Portugal em abril de 2017, dia 19 em Lisboa, onde festejará o seu aniversário e dia 24 em Gondomar (Porto).

Uma notícia desejada, mas não esperada. Isto porque, nos seus últimos concertos em Portugal, dois em Lisboa e dois em Gondomar (Porto), muitos foram os fãs portugueses que comentaram ser talvez a última vez que teriam oportunidade de ver ao vivo o Rei do Brasil em terras lusas, sem dúvida, devido à sua idade (fará 76 anos em 2017) e ao facto de os seus concertos em Portugal sempre se verificarem com significativos intervalos. A título de exemplo, recordamos as suas duas últimas presenças em 2006 (Lisboa e Guimarães) e em 2015 (Lisboa e Gondomar), portanto, com um interregno de 9 anos entre elas.

Mas as coisas nem sempre são o que parecem. Com efeito, está provado que o fator idade não tem qualquer influência na carreira do Rei e, se tiver, é como o vinho do Porto, quanto mais idade tiver melhor. De facto, o seu novo êxito “Esse cara sou eu” é prova disso e castas como a dele dão mostos únicos e, necessariamente, a músicas com sabores e aromas distintos.

A presença de Roberto Carlos em Portugal irá juntar o útil ao agradável, já que pela primeira vez os seus fãs portugueses irão ter a oportunidade de com ele brindarem pelos seus 76 anos de idade e em uníssono cantarem “Hoje é dia de festa, cantam as nossas almas, pro menino Roberto, uma salva de palmas!”, tal como aconteceu em 11 de março de 2006 no Multiusos de Guimarães), onde a plateia cantou os “parabéns a você” ao maestro da sua orquestra, Eduardo Lages.

Mas o agradável do útil talvez não se fique por aí, pois estamos convencidos que no dia em que o Rei faz anos (19 de abril), quem vai receber prenda são os fãs que, para além das “obrigatórias” Abril em Portugal (Coimbra) e Nem às paredes confesso, vão poder, finalmente, ouvir ao vivo aquele que foi um dos maiores êxitos da sua carreira: “Quero que vá tudo pro inferno” (1965).

Roberto Carlos em Gondomar, Portugal 2015 (Apontamentos)

Compartilhar Google Plus
    Comentários

4 comentários :

  1. Só em curtir a belíssima foto já a emoção nos domina, só imagino como deve estar o coração dos amigos Portugas, em especial do nosso querido Gajo Portuleiro Armindo Guimarães, que terá a oportunidade de mais uma vez abraçar e aplaudir o NMQT, cantar o Parabéns pra você e ainda acompanhá-lo na canção "Quero que vá tudo pro inferno". Aguenta coração, vai ser o delírio Robertocarlístico.
    Parabéns!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Menina Alba Bittencourt, é melhor vocês aí no Brasil guardarem alguns ROBERTOCALMEX para o que der e vier pois aqui em Portugal eles não vão chegar para tantos Robertodependentes e por isso a malta vai ter que pedir embalagens do Brasil. Depois não diga que eu não avisei!!!

      Eliminar
    2. Querido menino Armindo, apesar de já ter tomado uma meia dúzia de ROBERTOCALMEX ao saber que irás ter a felicidade de mais uma vez estar com o NMQT, o meu estoque é bastante grande e vou guardá-lo para caso os queridos amigos Portugas Robertodependentes necessitem.
      Serão muitas as emoções...aguenta coração...só mesmo com muito ROBERTOCALMEX.
      Beijinhos!

      Eliminar
  2. Amigo Armindo Guimarães essa notícia é maravilhosa ❤️❤️ Pretendo ir à sua terra viver grandes emoções

    ResponderEliminar