Retrospecto RC – Uma laureada encruzilhada




Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook
https://www.facebook.com/carlosalberto.alvessilva.9

Hoje, qualquer artista que se preze e que, fruto de um trabalho longo e de reconhecido mérito, gosta de ganhar e receber troféus. Antigamente, isso só passava pelos clubes de futebol e respectivos jogadores. Agora, é bem diferente, porque, também, mudaram-se muitas mentalidades. O país já não vive apenas dos carismáticos do futebol e daí, pelo que atrás referimos o Rei Roberto Carlos já ter colecionado vários troféus que, na sua respectiva vitrine, ostenta com muito orgulho.

Consequentemente, todos os fãs também seguem atentamente essa faceta, regozijando quando o Rei é premiado, quer no Brasil quer fora de portas. Dentro da relatividade das coisas, eu pergunto: quem arrecadou mais troféus e prémios, Edson Arantes do Nascimento (Pelé) ou Roberto Carlos Braga, o maior cantor da América do Sul e um dos melhores à escala mundial? Embora possa ser suspeito, creio que Roberto Carlos leva vantagem e pela frente ainda mais alguns anos para colocar na sua bonita vitrine mais troféus e prémios, advindos das suas populares músicas e canções. Ninguém duvidará que Roberto Carlos durará por mais um bom punhado de anos e só deixará de cantar quando as forças lhe faltarem, o que, felizmente, não será para breve, visto que Deus está com este homem que já sofreu bastante com o seu acidente de moto e mortes de entes-queridos, ao cabo as outras paixões do Rei, nomeadamente Maria Rita, Lady Laura e mais recentemente uma filha. É possível que tenha faltado aqui mais gente, não esquecendo também a infelicidade que bateu à porta do seu filho Dudu Braga, ele que está sempre com o pai nos bons e maus momentos.

Roberto Carlos, que Deus te acompanhe no resto desta laureada encruzilhada, também salpicada com muitos momentos de dor e de tristeza, situações que soubeste debelar com aquele peculiar espírito de guerreiro. Vive Le Roi! Deus está com ele!                     

Roberto Carlos - Quando eu quero falar com Deus

Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Atualmente com site próprio (http://jornalistacarlosalbertoalves.blogspot.com) e contribuidor diário no Portal Splish Splash e no site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. jornalistaalves@bol.com.br

Compartilhar Google Plus
    Comentários

1 comentários :