Roberto – Uma Dança Indígena




 
Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook
https://www.facebook.com/carlosalberto.alvessilva.9

É tão gratificante termos um elevado número de seguidores, sobretudo femininos que, nestas coisas de informar, estão mais presentes. E basta constatar os membros de páginas relacionadas com o rei Roberto Carlos onde predominam as mulheres fãs.

Na crónica que publiquei anteriormente e que falava da filha da primeira professora de piano de Roberto Carlos, em Itapemirim, interroguei-me sobre a primeira música de Roberto Carlos ao piano. Pensei em várias daquele tempo, uma delas “Aguarela Brasileira”. Nem esta nem as outras que tinha em pensamento. Tratou-se de Dança Indígena, segundo me informou a senhora D. Maria Gonçalves Mignone Paixão, outra fã do rei que reside em Cachoeiro de Itapemirim e também conhecedora do passado daquele que é hoje o maior cantor da música romântica da América do Sul e um dos mais cotados à escala mundial.

E será que, hoje, Roberto ainda é capaz de chegar ao piano e tocar essa famigerada Dança Indígena? Claro que sim. Como é vulgar dizer-se, quem sabe nunca esquece.

Roberto Carlos - Acróstico

Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Atualmente com site próprio (http://jornalistacarlosalbertoalves.blogspot.com) e contribuidor diário no Portal Splish Splash e no site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. jornalistaalves@bol.com.br

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário